terça-feira, janeiro 23, 2007

Comercial de TV: cenário PDV. Precisa ser chato?



Por Raul Otuzi

Que o ponto-de-venda está cada vez mais presente nos comerciais de TV é fato. O que não significa que precisa ser sem imaginação, meramente informativo e enfadonho. Pelo contrário.

Veja esse exemplo da McCann para o Astra. Eles saíram do PDV tradicional para simular um test drive na estrada e ganhar impacto por conta da linguagem utilizada. Criação: Fernanda Machado e Eric Sulzer.

ESTRADA, DIA.
Vemos cenas do Astra em movimento, cenas típicas de demonstração de comerciais de carro.
Locutor:
“QUANDO VOCÊ DIRIGE UM ASTRA, A POTÊNCIA DE UM FLEXPOWER 2.0 É TODA SUA. DENTRO DELE VOCÊ SENTE QUE TEM O CONTROLE DE TUDO.

Então o carro pára perto de uma tenda, onde lemos: "TEST DRIVE TOTAL CHEVROLET". Há um vendedor ali. Ele pergunta para o motorista que acaba de sair do carro:
- E aí gostou da performance?

Nesse momento o futuro comprador mostra toda a sua empolgação pelo carro, descrevendo-o com palavrões que são censurados pelo famoso efeito sonoro: “PIIIIIIIIII”:
- Esse carro é do ca... (PIIIIIIIIII). O motor é do cara... (PIIIIIIIIII). Tem uma estabilidade filha da pu... (PIIIIIIIIII).

Mais calmo, ele consegue perguntar:
- Quanto custa esse carro?
O vendedor:
- Sai a partir de R$ 43. 499,00

Ao ser revelado o preço, o rapaz se empolga de novo, e com mais intensidade:
- Eu vou comprar esse carro, porr... (PIIIIIIIIII).

É a deixa perfeita para o locutor finalizar:
BEM, O CONTROLE DE QUASE TUDO.

Assina e encerra: "ASTRA. A TENTAÇÃO É FORTE."

5 comentários:

maxx disse...

Claro que comercial que utiliza o ponto de venda como cenário não precisa ser chato. Pelo contrário, como você escreveu. O problema é que a gente está acostumado com os comerciais tradicionais de varejo. Abrem uma câmera na loja, botam um apresentador para esgoelar e dá-lhe ofertas.

A McCann deu um belo exemplo de como não fazer isso. Primeiro saiu da concessionária, mesmo assim não perdeu a figura do vendedor e de quebra conseguiu mostrar cenas de performance do carro. Ah, sem falar no conteúdo dos diálogos. Show!!

Osmar disse...

bom VT. esse video e melhor do q o do c3 (aquele q o vendedor nao consegue parar de trabalhar nem nas ferias...)
a vantagem e q mostra performance do carro e tem um dialgo do cara...(Piiii)

mto bom mesmo!

Cadu Oliveira disse...

esse do c3 achei show!

marcos pontes disse...

orra meu, este do C3 e de fino hein...

Marcel disse...

Apelar pra palavras inaceitáveis para um ambiente familiar com crianças presentes. Falta de respeito, falta de criatividade e falta de vergonha na cara.
No buteco vale, na minha sala com as crianças assistindo não.